Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

limbos verdes

limbos verdes

08 Mar, 2021

veludo e prata

a minha preferida, até agora

  Já tinha falado das Ophrys fusca, quando vi pela primeira vez alguns 'pés' desta espécie. Semanas depois, encontrei outras, a dois ou três kms do local onde as primeiras avistadas estavam localizadas, bem mais altas e com algumas diferenças nas cores. Até agora, estas ultimas, são as minhas flores preferidas, deste ano. Parecem ser feitas de um belo contraste: uma mistura de veludo e prata, de quente e (...)

Orchis italica

  E o mês de março começou com dezenas de inflorescências desta belíssima orquídea, Orchis italica, também conhecida como a flor dos macaquinhos ou a flor do homem nu. Este primeiro exemplo (primeiras duas fotografias) é uma exceção. Cresceu sozinha. Não será indiferente a localização: desenvolveu-se em cima de um grupo de pedras. Na grande maioria dos casos crescem em grupos, como na imagem abaixo. Nas últimas fotografias, duas plantas  em que as flores (...)
05 Mar, 2021

d' ouro

  Ranunculaceae do latim 'rānunculus', pequena rã, pelo hábito anfíbio de várias espécies deste grupo de plantas.  Ranunculus repens Botão d'ouro  Vivaz, desenvolve-se a partir de rizoma, multicaule.  As pequenas flores, amarelo dourado, surgem  debaixo de algumas árvores e arbustos, que por aqui crescem. Pequenos pontos luminosos que se destacam na sombra. Impossível desviar o olhar.  Ranunculus ficaria Celedonia-menor; Ficaria  Vivaz, desenvolve-se através de (...)
22 Fev, 2021

entre o sol

e a chuva

  Ulex europaeus em floração (acima) e novas folhas a rebentar (abaixo).  O verde pelo campo é cada vez mais intenso, com mais nuances de diferentes plantas. O número de plantas a entrar em floração aumenta dia após dia. Os arbustos e árvores de folha caduca preparam-se para fazer crescer as folhas novas.  Fotografia abaixo: um novo espaço verde, de um vizinho, a crescer na aldeia.  1. Linum bienne  2. dente de leão  3. Anemone palmata 4. Salvia dos prados  5. Eupho (...)
05 Fev, 2021

esta semana

o sol voltou a espreitar

  Durante esta semana, as flores vibrantes do Ranunculus ficaria abriram. As folhas também são bonitas: verde intenso, com forma de coração invertido. As flores, com o tempo, vão perdendo o amarelo brilhante e ficam brancas.  (fotografia acima) A Romulea bulbocodium, que já tinha começado a despertar na semana passada, está agora em muitos outros locais, quase sempre de altitude mais elevada. (Fotografias mais abaixo, neste post) A Bellis perennis (...)
  ' Chega então o momento de parar e suspender todas as actividades. Um dos motivos é a água, que tem de estar no estado líquido para que a árvore possa trabalhar. Se o seu 'sangue' congela, então não há nada para ninguém. (...)  Mas porque motivo, ao longo da evolução, não desenvolveram estas espécies [caducifólias] um revestimento mais grosso, bem como meios de proteção contra o gelo? Será que faz realmente sentido formar anualmente até um milhão de folhas novas (...)